NOVO VIGÁRIO


Você está em - Home - Institucional - NOVO VIGÁRIO

Santuário em Macapá ganha novo vigário paroquial  

Pe. Benedito Chaves, C.Ss.R. (pároco), Dom Pedro Conti (Bispo de Macapá) e o novo vigário, padre Ênio Renan, C.Ss.R. 

 

A Paróquia Santuário Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro, em Macapá (AP), acolheu mais um vigário paroquial. É o Missionário Redentorista, padre Ênio Renan (foto), membro da vice-província de Manaus e que estava integrando a comunidade religiosa de Rio Branco, no Acre. A apresentação do religioso foi feita nas celebrações do último final de semana, animando ainda mais todo o Povo de Deus.

Na última quarta-feira, 17, o bispo de Macapá, Dom Pedro José Conti, recebeu o novo vigário na sede da Cúria Diocesana de Macapá, acompanhado do atual pároco, padre Benedito Chaves. De forma acolhedora e hospitaleira o líder católico destacou a importância do trabalho missionário nesta região e as necessidades da Igreja local.

A Província de Porto Alegre tem presença em Macapá desde 2013, a partir de convite feito pelo bispo diocesano. A partir da presença Redentorista foram fundadas mais três comunidades na área urbana – Comunidades Divina Misericórdia e Santo Afonso (Cidade Nova II) e Imaculada Conceição (Turíbio de Guimarães), localizadas em área periférica com inúmeros desafios sociais e pastorais.

Na cidade também está localizada a Associação Divina Misericórdia, fundada pelo padre Antônio Zanini, visando beneficiar crianças, adolescentes, adultos e idosos carentes com oficinas de reforço, arte e cultura que possibilitem opções de aprendizagem e profissionalização.

O Missionário Redentorista, padre Benedito Chaves, está há três anos à frente dos trabalhos pastorais e administrativos da paróquia juntamente com os padres Dionísio Rockenbach e Olindo Antonio Zanini. A comunidade religiosa reside no bairro Perpétuo Socorro, zona leste da capital amapaense, sendo responsável por 53 comunidades católicas.

“O trabalho em Macapá é desafiador, mas muito gratificante porque nos possibilita viver o carisma Redentorista. Aqui realmente precisa de nossa presença. Temos muitas comunidades para atender, o povo da região busca a Igreja tanto nas cinco comunidades da área urbana quanto nas Ilhas. Somos felizes por respondermos a esta necessidade e contribuirmos para a evangelização na Amazônia”, disse o pároco.

Reconfiguração

A transferência de padre Ênio Renan para Macapá (AP) foi atendendo ao pedido do Governo Provincial de Porto Alegre à Vice-Província de Manaus, respondendo aos anseios do processo de reestruturação que vive a Congregação do Santíssimo Redentor, onde estas unidades irão tornar-se uma nova província.

Em Assembleia Redentorista da Conferência da América Latina e Caribe, realizada no mês de junho, no México, foi definido o novo mapa de composição das Províncias. A unidade Norte-Sul será composta pelos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.